fbpx

Eficiência operacional: qual sua importância e como otimizá-la?

3 minutos para ler

Eficiência operacional pode parecer um conceito difícil de ser definido. Ainda assim, boa parte dos problemas que sua empresa enfrenta pode ter relação com esse fator. Se você não sabe por onde começar na hora de reduzir custos e melhorar processos, a ideia pode ser exatamente o que você precisa.

Afinal, o que é a eficiência operacional? Vamos responder à pergunta ao longo do post, explicando com dicas simples sobre como mensurá-la e otimizá-la. O que acha de continuar com a gente nesta leitura?

O que é eficiência operacional?

Se o desempenho da sua empresa não anda muito bem das pernas, você deve ter percebido como o uso de técnicas de gestão é importante, não é? Isso resume o conceito de eficiência operacional — a busca por melhorar o desempenho com parcerias, qualidade total, reengenharia e gestão de mudança. Pareceu complicado? Calma, vamos explicar melhor.

De forma geral, a ideia está ligada a fazer coisas que os concorrentes também fazem. A diferença está na qualidade. Por isso, não deve ser visto como uma estratégia. De onde veio isso?

Os gestores começaram a observar a eficiência operacional quando perceberam que as técnicas de gestão poderiam ser copiadas de uma empresa para outra. Ou seja, os concorrentes passam a usar tecnologia similar à usada por empresas inovadoras — aumentando a necessidade de também ser bom no que todos fazem.

Como medir a eficiência operacional?

Se você trabalha no setor de produtos, a primeira métrica importante para medir a eficiência operacional é o custo unitário. Isso porque pode ser possível retornar a mesma quantidade de renda gastando menos e obtendo um lucro maior.

Powered by Rock Convert

Outra forma de fazer o cálculo é por meio da razão entre as entradas e saídas. O que isso significa? Na prática, as entradas dizem respeito às despesas operacionais, gastos de capital, giro de estoque, número de funcionários, e por aí vai.

A saída, por sua vez, está ligada à qualidade dos produtos, assim como a receita e satisfação dos clientes. O objetivo da eficiência operacional é fazer com o valor de saídas seja maior que o valor de entradas.

Como otimizar a eficiência operacional?

Lembra-se de quando citamos o fato de que a eficiência operacional diz respeito a fazer o que os outros fazem, só que melhor? Então, isso leva em conta tarefas simples e práticas. Embora a inovação seja importante, é o foco do posicionamento estratégico o responsável por aumentar o valor de um produto com diferencial. A eficiência operacional, por sua vez, tem outra atribuição — a de diminuir os custos e aumentar a qualidade.

A eficiência operacional, como você pôde ver, traz melhorias para o projeto sem que sejam acompanhadas de um aumento de gastos. Isso torna seu negócio mais escalável e permite diversas oportunidades de crescimento.

Não se esqueça de que só a eficiência operacional não é o suficiente para gerar bons resultados. O ideal é que seja feita em parceira com outras ideias, como posicionamento estratégico e gerenciamento de riscos.

O que achou do post? Conseguiu aprender mais sobre o conceito de eficiência operacional? Então, não deixe de compartilhar o post nas redes sociais!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Iniciar Conversa
Converse agora com um Consultor GoDash
Óla. tudo bem?
Comece agora uma Conversa com um Consultor GoDash!!!
Powered by